Terça-feira, 18 de Abril de 2006

Desiludida

Sim.....desiludida é o que eu estou...com a vida, comigo, com o meu companheiro,  com o meu trabalho.

E cansada...muito cansada.

As coisas com o meu companheiro andam-me a deixar louca.

Tive ontem consulta com o meu psiquiatra e diz-me que estou a entrar numa depressão....desilusão...comigo. Foi a unica coisa que senti. Desiludi-me!

Tambem não ando a tratar de mim como devia. Não como a horas. Comecei a comer chocolates e alguns bolos. Não...não aumentei de peso, mas tambem nao diminui! Isso deixa-me tãããoooo frustrada!! O meu cirurgião diz que faz parte do processo tendo eu a doença que tenho (bipolar).

NAO QUERO!!! Quero ser ser normal!

Quero poder sentir sem chorar, quero poder chorar sem doer....

As garrafas de vinho continuam a acomular-se aqui em casa. Neste fim de semana trouxe mais 2 garrafões!! Nao posso dizer que ele se embebeda, mas anda sempre a beber!!! Não quero que o nosso filho fique com essa imagem dele, tal como ele ficou do pai dele, que tambem tinha problemas com a bebida!!!

Não é justo....desiludo-me cada dia que passa. Deprimo-me...penso cada vez mais no x-ato. Ele continua aqui, como se a contar comigo....

 

p.s.1 O meu Grupo de Auto-Ajuda a A.M está a crescer. Somos 100. Se te identificas, inscreve-te. Serás muito bem recebido.

http://groups.msn.com/GrupoApoioAutoAgressao

 

p.s.2 Houve a necessidade de criar um grupo para informação aos  Familiares e Amigos de auto-mutiladores.

Aqui fica o link. Esperamos poder ajudar:

http://groups.msn.com/FamiliareseAmigosdeA-M-   (faz copy/paste para o teu browser)

 

Hoje estou:

Partilhado por Sentida às 18:28
link do post | Comentar | Ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 9 de Abril de 2006

Sonhos.....

Continuo a ter sonhos estranhos....


Deitei-me perto das 5 a.m. e acordei ha pouco.

O meu filho ainda dorme.

O meu companheiro embora acordado está com ele.

O meu companheiro....

Segundo o dicionário companheiro é :

s. m.,
aquele que acompanha;
colega;
camarada;
condiscípulo;
esposo;
amigo
Terei eu um companheiro?

Ou apenas o pai do meu filho?

Não tenho aqui abordado esta parte da minha vida porque....bem, se calhar preferia esquecer que esta parte continua assim...

Separámo-nos em Novembro passado.

Uma discussão arrasadora que meteu policia e tudo. Ele saiu de casa com a cara cheia de arranhões a sangrarem.

Eu....fiquei sozinha e com uma calma tão grande.....nem parecia que tinha acabado de passaro pelo inferno !

Batemo-nos um ao outro....bateu-me ele. Eu arranhei-o.


Arrancou-me cabelos...quando a policia chegou havia cabelos meus espalhados pelo chão. Eu defendi-me.

Agora, passado todo este tempo, consigo ver que não fui atacada....fui eu que ataquei!


Na altura só pensava que tinha sido espancada........fui eu que comecei a violência fisica. Ele começou-a com palavras.


Depois de ouvir muita coisa, quando chegou ao "Tu não prestas para nada!!"...aí não consegui aguentar mais.


Ele é maior que eu...tem mais força que eu.  Mas o meu ódio era maior que tudo naquele momento!


Eu estava louca.....completamente fora de mim. acho que se me visse ao espelho naquele momento devia ter um ar imensamente psicótico. Era assim que me sentia. E só queria ataca-lo.


Aconteceu tudo num absoluto silêncio...


Faze-lo sofrer por tudo o que me fez! Dor......dar-lhe muita dor!!


Começou a arrumar as coisas dele para se ir embora  (isto ja perto da meia-noite) e eu a manda-lo embora.  Juro que naquele momento se não fosse pelo nosso filho, aquele homem podia morrer ali!!


Sentia-me um predador a rondar a presa. Enquanto ele arrumava as coisas eu devorava-o com os olhos e continuava a "pica-lo".........dava-lhe pontapés....aranhava-o........que ódio!!!


Foi aí que ligou para o 112 e disse que tinha uma pessoa com problemas mentais que estava a agredi-lo.


O meu filho nunca presenciou nenhuma das nossas discussões que sempre se mantiveram no quase num sussurar.


Esta noite tambem não estava em casa. Estava nos meus pais e eu iria lá busca-lo.


Estava vestida para sair quando presenciei o telefonema. E continuava a pica-lo:  "Então? Quando é que os teus amigos vêm?  Eu tenho de sair !"


Até que chegaram.....mas não foi uma ambulância. Foi a policia!


Ele ficou aflito. Percebi que na hora se tinha arrependido pois nem era aquilo que ele queria.


Perguntou porque é que eles estavam ali se ele tinha chamado uma ambulância.


Sabem o irônico da coisa? Eles tinham vindo enganados!!! Tinham recebido uma chamada de uma pessoa que andava louca a partir a casa toda!


A nós nunca ninguem nos ouviu.


Acabaram por se ir embora. Antes perguntaram se era preciso alguma coisa. Viram-no arranhado e cabelo meu no chão. Eu, na minha absoluta calma loucura disses-lhe:  "Eu não, se calhar ele precisa"  apontando-lhe para a cara com sangue.


Estava louca......fiquei louca....sou ...louca?


O Natal foi deveras estranho. (entretanto o meu filho perguntava sempre pelo pai e sempre lhe expliquei que o pai já nao morava connosco e que agora estava em casa da avó.)


A noite de Natal comigo e no dia de Natal, veio à minha casa com a avó e a tia do pequenino.


Durante uns meses (poucos, claro) mantivemo-nos assim. Via o pequenino de 15 em 15 dias.


Um dia foi tão estupido comigo ao telefone que lhe disse que a proxima vez que falassemos seria na presença de um advogado.


Dias depois ligou-me a dizer que tinha ido falar com um advogado por causa da custódia do filho.


Que raiiiiiiva!!!


Nesse aspecto sei que ele não a vai conseguir......apesar do meu passado, o dele então não o favorece em nada!


Depois....foi ficando cá em casa um dia porque estava cansado.


Depois outro porque estava a chover.


Depois, almoçava cá porque estava sem dinheiro.


Depois......foi cá ficando. Eu a deixar passar os dias.


Percebi um dia que não era com ele que queria ficar.


Continua a beber imenso. Não lhe suporto o hálito.


Não anda bebedo. Anda a fazer pela vida e a tentar ganhar dinheiro.....mas bebe..bebe...


E o beber num adicto é meio caminho para a decadência!


Há mais a contar....muito mais.


Numa outra altura.


Entretanto..........a reunião com o advogado está marcada para 26 de Maio 2006.




 

p.s.1 O meu Grupo de Auto-Ajuda a A.M está a crescer. Somos 99. Se te identificas, inscreve-te. Serás muito bem recebido.

http://groups.msn.com/GrupoApoioAutoAgressao

 

p.s.2 Houve a necessidade de criar um grupo para informação aos  Familiares e Amigos de auto-mutiladores.

Aqui fica o link. Esperamos poder ajudar:

http://groups.msn.com/FamiliareseAmigosdeA-M-   (faz copy/paste para o teu browser)

Hoje estou:

Partilhado por Sentida às 09:43
link do post | Comentar | Ver comentários (1) | favorito
|

Pesquisar neste blog

 

Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

Cansada mas ..... viva e ...

Perdida...

Por amor?

Vida nova...problemas ant...

Dizer ADEUS

Um ano de partilha

Partilha no Grupo

Passado que voltou

Sentimentos num shaker

Um aniversário com lágrim...

Uma dor cá dentro....

I just want to feel...

Cinderela

Desiludi amigos

Para as minhas visitas .....

Desde o início...

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

online

Sentidos por mim