Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

Perdida...

 
Sinto-me tão perdida...
Estou de baixa ha quase ano e meio...
Ha cerca de 3 anos que sou seguida por um espectacular psiquiatra no Hospital Miguel Bombarda.
Ele foi de ferias em Agosto e deixou-me com uma nova medicaçao que duraria até inicio de Setembro, altura em que voltaria de ferias e corrigiriamos ou nao a medicaçao.
Tenho tentado desde essa altura ter consulta mas a informaçao que tenho é que o Dr se encontra e baixa.
Não tenho medicaçao, sei que precisa ser ajustada e mais de metade dos 12 comprimidos diarios que tomo ja se acabaram...nao sei o que fazer. Se ja me estava a sentir cada vez pior hoje foi o inicio de um fim....por telefone e porque eu tenho insistido, mandaram-me embora do Hospital. Disseram-me para me dirigir ao hospital da minha area de residencia. Acreditam nisto?
Não estamos a falar de uma perna partida que um outro medico possa pegar e curar...eu estou ha anos com este medico e agora...agora vou voltar para um consulta de onde sai antes de iniciar as consultas no Miguel Bombarda na qual só me perguntaram quando é que me sentia com mais vontade de me matar? " No Natal...na Primavera..." Passei a ser uma estatistica naquela consulta...deixei de o ser quando o Dr Rui Durval me começou a assistir e a ver-me como um individuo e nao como mais um numero. E agora...de repente...obrigam-me a começar do nada...e sozinha. TEnho de me dirigir do nada ao hospital do barreiro e do nada SE eles quiserem entao pedem o meu processo ao miguel bombarda...SE eles estiverem interessados...Se...Se...Se....
Já chorei imenso hoje. Já pensei em deitar tudo a perder...ja me passou imensa coisa pela cabeça...eu nao quero voltar para o hospital do barreiro...eu quero continuar com a pessoa que me viu como pessoa. Que se empenhou em me ajudar...que o estava de facto a conseguir...
Só me apetece esconder...fugir..fazer asneiras ..qualquer coisa menos começar de novo...outra vez nao....
Amanha vou a uma consulta com a medica de familia por minha auto-recriaçao. Tenho junta medica na 4ª feira, e alem de ja nao ter medicamentos tambem nao tenho informaçao clinica para lhes levar.
Hoje esta a ser um dia horrivel...
Estou cansada....ando tao cansada...
Massacro-me pois ja me custa ter paciencia para mim...tenho deixado o meu filho nos meus pais quando sai do infantario porque estou cada vez menos tolerante e ele nao tem de me ver assim...
Cansada...tao cansada...
 
 
Hoje estou:

Partilhado por Sentida às 16:12
link do post | Comentar | favorito
|
20 comentários:
De Pipoca a 27 de Setembro de 2007 às 11:48
Realmente, você não tem solução. Pobre criança...


De Alguém a 19 de Outubro de 2007 às 22:24
Só quem está na pele de quem sofre é que poderá avaliar tamanho sofrimento...

Este comentário "pipoca" completamente desnecessário... não brinque nunca com os sentimentos de quem quer que seja... hoje é esta pessoa que sofre... amanhã!! já pensou que pode ser vocé!?


De patty a 15 de Junho de 2009 às 21:10
concordo consigo
era mesmo desnecessário
toda a gente fica por aí a chamar de coitadinhos aos outros e nunca pensaram que poderá acontecer a eles...
pensem bem
a realidade é cruel, mas é real



De Alguém a 19 de Outubro de 2007 às 22:30
Não perca nunca a força de viver... não sei de facto pelo que está a passar mas certamente o seu filho sofrerá o dobro se souber que perdeu quem mais AMA... a MÃE...

Poderá obter ajuda na comunicação social, como sabe hoje em dia o impacto é bastante forte e felizmente ainda vão aparecendo pessoas sensíveis aos problemas de quem sofre...

FORÇA... é tudo o que lhe desejo para que ultrapasse este momento menos feliz da sua vida...



De Sentida a 22 de Outubro de 2007 às 15:46
O meu filho não me vai perder nunca...não o vou permitir.
Sou mais forte do que o que consigo passar por palavras...muito obrigada...do coraçao.

Sentida


De Ana a 6 de Novembro de 2007 às 15:14
Que comentário mais desagradável...uma pessoa pensa que so acontece aos outros não é?Pois mas isso é mentira, acontece a todos...


De Enviado por a 6 de Novembro de 2007 às 15:18
Bem esqueci me de dizer que o meu comentário foi sobre o comentário de uma tal pipoca...FORÇA para todos que entrem neste blog deseperados...há solução para tudo menos para a morte...nunca se esqueçam disto;)


De Mel a 7 de Novembro de 2008 às 23:28
Realmente Pipoca, não lhe tiro a razão quando diz pobre criança... mas já lhe passou pela cabeça o sofrimento em que está esta mãe? Diz que não tem solução? Eu ACREDITO que TEM. Criticar? Esta mãe deve ter vivido com criticas ao longo da vida, e isso a levou onde está hoje. Quem não recebeu, dá o que tem... apenas o que tem... Por isso, o que precisa é de amor, carinho, compreensão, para que possa receber o que lhe faltou... e aí sim... ao perceber o valor que tem, porque o tem, mas que ainda não descobriu, vai estar disponível para ela e para o filho de corpo e alma...


De Incógnita a 2 de Outubro de 2007 às 19:18
Queixe-se, de todas as maneiras que conseguir imaginar. Faça queixa ao hospital, faça queixa ao ministério da saúde, ordem dos médicos, tudo o que conseguir. Estou chocada, sinceramente. É demasiado mau, tal como muitas coisas neste mísero país que se gaba da sua paz e dos seus brandos costumes, mas que de solidário, humano e conscencioso só deve ter a missa mal pregada dos domigos. Se me acontecesse a mim, não sei o que faria.


De MLT a 2 de Dezembro de 2007 às 01:43
AFINAL É SÓ GENTO MALUCA NESTE BLOG


De bigmom@sapo.pt a 16 de Fevereiro de 2008 às 22:24
Viva Sentida,
Como estás agora? Tudo bem ? Superaste as tempestades?


De Luana a 12 de Março de 2008 às 00:14
Pq sofremos
Pq Amor?
Tristeza?
Familia?
amigos?
Sei La
Foi pq quando deus nos criou,fez nois uma criatura bem fragil,pra quando algo de ruim acontecer...sempre vamos chorar,mas algumas vezes somos tão forte que nos,nos surpredemos com agente mesmo e não nos reconhecemos...
Sofrer faz parte da nossa vida...
I se DEUS acho que era certo ele tem um motivo


De tayna a 23 de Setembro de 2008 às 23:35
oi estou deixando esse comentario para mim desabafar um pouco nesse comentario vou falar um pouco sobre minha vida.
Eu sou uma menina que adoro brincar com a vida e principalmente jogar com "ela" por que a vida é um jogo.atras dessa menina existe um grande sofrimento meu relacionamento com minha mãe é pessimo eu tendo me aproximar dela mas nao consigo ela vive, me enchendo a paciencia nao sei mas o que fazer!!!!!!!!!Mas nada disso vai me derrotar por que eu sei que o meu deus super pedoroso so esta me destando .
Sei que eu vou consigar sair dessa e tambem sei que nenhum obstaculo vai me impedir de vencer por que eu tenho um deus impossivel lutando por mim.Hoje purriquanto estou aqui lutando para vencer esse obstaculo e estou disposta a sair vencedo em nome de jeus ....


De André a 1 de Outubro de 2008 às 01:07
Querida, estava aqui triste também e só coloquei a palavra "sofrer" no google e encontrei o teu blog. Não posso dizer que estou numa situação desesperante. Só para te dar uma força! Não me conheces de lado nenhum, nem eu a ti, aliás.. nem conheço o teu nome. Mas pronto, caso precises de falar, tou aqui! Um carinho!

André


De simaao a 15 de Junho de 2009 às 21:02
hoje estou :


De JO a 12 de Agosto de 2009 às 20:09
Deus em ação

Ficar de pé, quando o vento,
o vento forte soprar.
Manter os olhos enxutos
quando a dor nos visitar.
Enfrentar o sofrimento
com paciência e coragem,
não se deixando arrastar
pelo medo, na voragem.
Conservar a mente clara
no meio da confusão.
Não odiar quando a ofensa
nos vier em direção.
Saber coisas que podiam
desmascarar o irmão
e poder guardar silêncio
com amor e discrição.
Não esperar a vigança,
mesmo cheio de razão.
Não abandonar a luta,
mesmo tombado no chão.
Amar a todos e tudo
sem a nada se apegar.
Servindo, sempre servindo,
sem nada, nada esperar.
Ter equilíbrio perfeito
em qualquer situação.
Isto é ser realizado.
É já ser Deus em Ação.


UM ABRAÇO BEM CARINHOSO

JB


De Manuel e Silva Portela a 25 de Novembro de 2009 às 23:43
Perdida: Nunca é tarde para recuperar, pois nem sempre as coisas acontecem como queremos, deve ser persistente, pois quem pede, obterá; quem procura, achará; e certamente conseguirá aquilo que procura e mais deseja, que é tratar-se. Qualquer doente tem direitos legais sobre a sua saúde, os quais nunca podem ser negados por quem de direito, por isso nunca, nunca desista, e lembre-se que à alguém em coma que está vendo, procure a Sua ajuda, e Ele certamente dará a ajuda necessária, mas claro terá que dar os passos para resolver a sua situação, mas Ele dá coragem para enfrentar e resolver as coisas. Nunca perca a esperança, por que enquanto à vida à esperança. Tente libertar-se pouco a pouco dos químicos e se possível tente comprimidos naturais, como o Valdispert, Hiperzac, etc. De momento terá que consultar um especialista, seguir a indicação, mas com o tempo, mudar o sistema, recuperando a saúde, que é o nosso bem mais essencial. Sempre ao dispôr: Cumprimentos, Manuel Portela E-mail: manueleportela@hotmail.com



De Manuel e Silva Portela a 25 de Novembro de 2009 às 23:51
Perdida: Quero pedir desculpa pelo engano na escrita: onde se Lê: lembre-se que à alguém em coma que está vendo, deve-se Ler: lembre-se que à alguém em cima que está vendo.

Persista, continue, não pare ...

Portela


Comentar post

Pesquisar neste blog

 

Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

Cansada mas ..... viva e ...

Perdida...

Por amor?

Vida nova...problemas ant...

Dizer ADEUS

Um ano de partilha

Partilha no Grupo

Passado que voltou

Sentimentos num shaker

Um aniversário com lágrim...

Uma dor cá dentro....

I just want to feel...

Cinderela

Desiludi amigos

Para as minhas visitas .....

Desde o início...

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

online

Sentidos por mim