Sexta-feira, 2 de Setembro de 2005

Vou ser internada novamente

Mas agora o motivo é outro!
Cheguei à pouca da consulta com o cirurgião.
Vou fazer um Bypass Gástrico.
Vou emagrecer!!!
Estou nervosa.
Estou ansiosa.
Estou contente.
Vou explicar o que é um Bypass Gástrico:

Bypass gástrico

Separa grande parte do estômago do circuito alimentar, quer através da técnica de anastomose em Y de Roux, quer através da formação de uma bolsa gástrica pequena ligada directamente ao intestino.

Este procedimento cirúrgico vai limitar a quantidade de alimentos que o indivíduo pode ingerir. A maioria das pessoas perde cerca de 2/3 do excesso de peso nos dois primeiros anos após a cirurgia. A maioria das doenças associadas com a obesidade melhoram.


Os efeitos secundários e complicações que podem surgir são:


Vómito, que, se persistente, pode significar complicações neurológicas.


Risco de anemia e necessidade de suplementos de folatos e vitamina B12.


Risco de perda de massa óssea e osteoporose.


Náuseas, fraqueza, sudorese e sensação de desmaio quando os alimentos passam ao intestino com grande rapidez.

Deve ser feito um seguimento médico regular durante toda a vida.


Já sei disto tudo.
A intervenção ficou com uma marcação provisória para 12/10/2005....Pertinho do meu aniversário.
Estou demasiado ansiosa hoje....




http://groups.msn.com/GrupoApoioAutoAgressao (quem se identificar, inscreva-se, p.f - já somos 52)




Partilhado por Sentida às 23:39
link do post | Comentar | favorito
|
3 comentários:
De Enviado por a 12 de Setembro de 2005 às 15:48
Olá desejo-te as melhores felicidades do mundo, eu coloquei uma banda gastrica há 3 meses, foi a melhor coisa que fiz na vida, perdi 12kg e 20cm de cintura sou mais feliz.
Beijos e atira os medos para trás das costas
CarlaCarla Santos
</a>
(mailto:)


De Enviado por a 7 de Setembro de 2005 às 10:20
Olá bom dia. Venho expor-te o seguinte caso. O meu irmão que agora tem 25 anos sempre sofreu de obesidade. Não sofria de obesidade mórbida, mas tinha de facto peso (muito) a mais. Mede 1,80m e chegou a pesar cerca de 115 Kg, ou talvez mais. De qualquer forma em 2002, propos a si mesmo emagrecer. E iniciou uma dieta a sério. Acabou com os exageros, com o alcool, com gorduras, procurava ingerir a menor quantidade de comida possivel e quando o fazia, comia o que poderemos chamar "alimentos saudaveis". Com algum deporto aliado a este esforço (não muito, porque como era bastante obeso, não estava habituado a praticar desporto) conseguiu em dois anos perder cerca de 30 kg. Hoje o meu irmão pesa 80 Kg ou seja perdeu cerca de 35 Kg, sente-se bem, habitou-se a uma alimentação da qual não se quer desviar e mais do que isso não tem qualquer efeito secundário. O que te quero transmitir é que não quererás tu tentar o mesmo. Tens é que ter um compromisso contigo mesma e levar a dieta a sério. Atenção que o meu irmão nunca deixou de comer, apenas modificou a sua alimentação. Nunca passou fome ou foi para a cama com o estomago colado ás costas... Até porque seria muito melhor não ter que ir ao médico constantemente. CumprimentosSevenzecrag
</a>
(mailto:sevenzecrag@hotmail.com)


De Enviado por a 3 de Setembro de 2005 às 22:49
Vejo um tunel ao fundo.... um tunel profundo, algo me diz que é a ultima esperança para a vida... mas será que quero viver!?MorteSeca
</a>
(mailto:corredordamorte@iol.pt)


Comentar post