Quarta-feira, 29 de Junho de 2005

Afundo-me

Continuo a beber.
Ele continua a beber.
Hoje já me passei com ele.
O halito dele dá-me vómitos.
Eu meto-me nojo porque não deixo de beber.
Às vezes atraso a toma dos comprimidos por causa do alcool, mas.....
Hoje foi vinho tinto.
Embora ainda só beba às refeições....O que ando eu a fazer?
Há muito que tinha deixado de beber alcool e isto agora está a mexer imenso comigo....estou com psicofarmacos fortes e com alcool.
Estou completamente descontrolada.
Preciso de alguem que tome conta de mim.
Já não estou a conseguir faze-lo sozinha.




http://groups.msn.com/GrupoApoioAutoAgressao (quem se indentificar, inscreva-se, p.f)








Partilhado por Sentida às 00:25
link do post | Comentar | favorito
|
3 comentários:
De Enviado por a 29 de Junho de 2005 às 15:18
Peço desculpa pela minha sinceridade e espero que isto não pareça cruel, mas tenho lido tudo o que tem escrito e só vejo lamentos e nada de vontade para ultrapassar os problemas. O que realmente me preocupa não é tanto você, que é adulta e sabe ou devia saber o que é melhor para si. O que de facto me preocupa é o seu filho. Desculpe a honestidade, mas não me parece que o mereça. E alguém devia ficar com ele e tomar conta dele, porque como criança inocente e pura que é e que não pediu para nascer, tem direito a melhor sorte. Se, tal como admite, acha que não consegue tomar conta de si própria, como pode tomar conta de um anjinho inocente? Pense mais nele e menos em si e talvez encontre algumas soluções para os seus problemas. Boa sorte para si e especialmente para o seu menino. Cláudia
</a>
(mailto:claudiarodmatos@gmail.com)


De Enviado por a 29 de Junho de 2005 às 12:06
não és a unica que anda pela net a chorar as tuas mágoas, acredita. o que te posso dizer é que ainda não chegaste ao ponto que bates no fundo e decides mudar a tua vida. como mulher faz-me impressão que não estejas atenta ao teu filho, mas longe de mim julgar-te. cada dia que passa é mais um dia, tu é que decides o que queres fazer dele, acredita que muitos virão aqui ajudar-te, mas quem irá ajudar-te és mesmo tu. boa sorte para o teu futuro.
sofialisboasofialisboa
(http://sofialisboa.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sofialisboa@hotmail.com)


De Enviado por a 29 de Junho de 2005 às 11:48
Olá,

há algum tempo entrei aqui. Tinhas imensos comentários de pessoas de boa vontade, de conselhos, de palavras doces. Na altura li os teus posts e disse que não voltaria. Que não seria mais uma pessoa a assistir á tua «morte», a pactuar com isto. Que aquilo que sentes é doença e precisavas que os médicos te ajudem. Não estou tão certa agora das minhas palavras!!! Talvez isto faça parte da cura. Talvez isto te mantenha lucida. Talvez depois de escreveres olhes para as letras e elas tomem forma. Espero que sim. Não te vou dizer que estou aqui...que te posso ajudar. Pq seria uma parvoice. Só tu o poderás fazer. É uma luta tua. Estou convicta e espero sinceramente, que sempre que entre aqui veja o desenrolar de uma luta, de uma mulher e de uma mãe pela VIDA. Um beijo e fica bem :)pluma
</a>
(mailto:plumacaprichosa@hotmail.com)


Comentar post