Quarta-feira, 22 de Junho de 2005

Hoje sinto-me desesperada

Não consegui ia à psicoterapia.
Tinha sono....imenso sono.
Sentei-me em cima da cama a arranjar umas roupas e quando dei conta tinha passado uma hora...adormeci.
A cabeça andava à roda....a uma velocidade vertiginosa.
Sinto-me agoniada.
Tonta.
Ansiosa e sonolenta....como se isso fosse possivel.
Tenho a sintomalogia de um ataque de panico mesmo no meio de um ataque de sono!
Que se passa comigo?
Tentei contactar a minha médica para a informar mas devia estar a meio de uma consulta. Fiquei pior! Do Hospital ninguem me atendia.....estava a começar a entrar num estado de ansiedade misturado com sono pois mal conseguia abrir os olhos no entanto o coração batia descompassadamente. Não queria faltar à consulta sem a avisar. Ainda por cima em cima da hora. Isso particularmente hoje incomodou-me. Mexeu imenso comigo!
O sono era mais forte.
Deitei-me na cama.
O meu companheiro entretanto chegou para o almoço.
Tinha-me ligado 2 ou 3' antes. por causa do carro. Eu tinha-lhe dito apenas que já nao ia. Sabia que eu estava acordada.
Nada me disse.
Fechou-se na cozinha.
Não me perguntou o que tinha.
Porque não ia. Se estava bem....nada.
O meu tlm tocou. Era do Hospital da parte da minha psicologa. Consegui avisa-la e descansei.
Quando passou pelo quarto perguntei-lhe porque me estava a ignorar: "pensei que estavas a dormir"
-"Falámos há cerca de 2'....achas que estava a dormir?"
Que dor....
Depois disso foi um vomitar de acusações.
Que eu devia lutar. Que nunca termino o que me proponho. Zangado! Ele estava zangado comigo!!!
Ele estava zangado comigo por eu não estar em condições de conduzir!
Por estar com estas crises de sono novamente! Fuga...que seja!
Ele estava zangado comigo pois devia fazer um esforço!
Que eu não continuo as coisas a que me proponho, que estou só a arranjar desculpas….etc….
Fiquei preplexa! Disse-lhe..."tu nunca andaste comigo a conduzir neste estado….eu é que sei quando quero por a minha vida em risco ou não e hoje não me está a apetecer!!!!!"
Se seguem o meu blog bem sabem o inferno que tem sido conduzir estas ultimas vezes...mas ele continua a não perceber...não entende...não sei....
Estou estoirada....
Desesperada por paz....





http://groups.msn.com/GrupoApoioAutoAgressao (quem se indentificar, inscreva-se, p.f)








Partilhado por Sentida às 17:47
link do post | Comentar | favorito
|
2 comentários:
De Enviado por a 23 de Junho de 2005 às 01:57
A questão que te coloco é a seguinte : Tu queres MESMO melhorar ?
Sabes que estás doente mas parece existir aí um certo comodismo, já pensaste no que acontecerá ao teu filho tão pequenino se morreres como tanto desejas ?????
Fala com a tua psicóloga ou psiquiatra mas não dependas deles.
A tua cura está dentro de ti própria.Angel
</a>
(mailto:)


De Enviado por a 22 de Junho de 2005 às 18:46
Bem, a situação está muito complicada. O que é que os seus médicos lhe dizem de tudo isso? Será que não está na hora de trocar de psiquiatra? A medicação pode não estar a fazer o efeito desejado. E ao seu companheiro, não faria bem uma consulta com a sua psicóloga para o ajudar a compreender a situação e para lhe ensinar a melhor forma de lidar consigo, já que os dois sozinhos já não se entendem? Coragem, você é forte.Marta
</a>
(mailto:)


Comentar post