Segunda-feira, 19 de Junho de 2006

Está tudo a cair

Estou a pique....

Completa e absolutamente a pique.

Sei que nao me vou deitar sem me cortar outra vez.

Tenho os x-atos alinhados aqui....ao pé de mim.

Amanha como tenho consulta, vou aproveitar para comprar mais....estes já nao cortam como deviam.

Já me deixei de abrir gilletes ha muito tempo.

Sinto a falta do meu filho....mas não quero falar dele.

Provavelmente porque me desperta sentimentos que não posso nem quero sentir agora....como a culpa.

Não entendo o que ando a fazer.

Destruo tudo à minha volta.

Afasto tudo e todos aqueles que amo.....e estou a faze-lo com o meu filho.

Está com o pai desde 5ªf..... volta na 3ª ao fim do dia.

Todos os dias falamos varias vezes ao dia pelo computador. Tenho-o sempre comigo.

Até agora tenho-o conseguido afastar do pensamento nestas alturas...quando me corto.

Tenho o pulso esquerdo numa desgraça...

Amanha lá vou eu de punho elástico para a rua.

Chegando ao Hospital, não quero saber.....sinto-me bem lá.

Provavelmente por ver pessoas bem piores do que eu.....isso faz de mim o que?

Desumana?...nao. Nao sou assim. Gosto deles...sei os nomes de quase todos/todas. Vêm ter comigo.

Mas sei o quão piores estão do que eu. Gosto deles e eles...aceitam-me como sou.

 

Hoje estou:

Partilhado por Sentida às 00:35
link do post | favorito
De Realista a 20 de Junho de 2006 às 17:02
Coitado do seu filho, sim senhora. Ou acha que se ele pudesse ter escolhido, teria escolhido uma família assim, totalmente desiquilibrada? Tal como todas as crianças, o seu filho tem direito a ter uma mãe que seja equilibrada e que tome conta dele em vez de se cortar. Já que não consegue amar-se a si mesma o suficiente para não se magoar, pense nele. Amar não são só palvras bonitas, são também sacrifícios. Se o ama, pare com isso e tome a rédea da sua vida nas mãos! O seu filho pode ser pequenino, mas não faltará muito, perceberá tudo o que se passa com a mãe. Como acha que ele irá lidar com isso? Sem querer, pode estar a ajudar a criar uma criança igualmente desiquilibrada e cheia de traumas. Pense nisso antes de ser tarde de mais.


De Sentida a 20 de Junho de 2006 às 17:21
Só peço a Deus que tenha filhos, os tenha conseguido educar convenientemente e com muita saude e que nunca, por ninguem, tenha que passar por situações semelhantes....compreendo que custe muito a entender a que nao sabe, nem nunca experimentou sobre o que fala.
A sua vida e a dos seus deve de ser um mar de rosas. E sabe que mais? Fico feliz com isso.
A minha tambem irá ser.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Pesquisar neste blog

 

Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

Cansada mas ..... viva e ...

Perdida...

Por amor?

Vida nova...problemas ant...

Dizer ADEUS

Um ano de partilha

Partilha no Grupo

Passado que voltou

Sentimentos num shaker

Um aniversário com lágrim...

Uma dor cá dentro....

I just want to feel...

Cinderela

Desiludi amigos

Para as minhas visitas .....

Desde o início...

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

online

Sentidos por mim